Porque acima de 1000 unidades?

Como elaborar um bom Rótulo!
fevereiro 7, 2017
Qual tipo de Ribbon devo escolher?
março 10, 2017
Mostrar tudo

Porque acima de 1000 unidades?

Esta é uma dúvida muito comum que chega até a gráfica e o motivo é bem simples…

Impressão em gráficas é um processo como qualquer outro. E segue etapa por etapa, até que o produto gráfico esteja concluído.

Como todo processo, a impressão possui custos fixos elevados, tais como chapas, acertos e setup de máquina, facas e acabamentos especiais, etc. Para o processo se tornar viável, todos estes custos precisam ser “diluídos” em um número maior de unidades possível.

Ou seja: quando você imprime em grande escala, o custo cai. DRASTICAMENTE

A tabela abaixo ilustra como ocorre a variação de 500 para 5.000 unidades de um material gráfico baseado em valores fictícios para melhor entendimento do cálculo.

O setup de máquina e os demais custos fixos, que é o tempo utilizado para ajustar a impressão e suas perdas, é o mesmo para 100, 1000 ou 10.000 impressões. Depois de calibrado o equipamento, a impressão é rápida (aproximadamente 7.000 fls/h). Então, enquanto o impressor pode utilizar 2h para o setup, em 15 minutos imprime 1000 unidades.

Podemos ver que o custo unitário cai, pois o custo fixo é “diluído” conforme aumenta a quantidade.

Também, pela mesma tabela podemos observar por que não é possível praticar o custo unitário de 5.000 para imprimir 3.000, pois o que representa esta diferença é a quantidade de papel utilizado. Se a gráfica faz isso ela não está computando o custo do papel utilizado, perdendo dinheiro.

Existem outros fatores que podem influenciar na composição de um orçamento (tipo de equipamento, aproveitamento de papel, marcas de insumos), o que justifica diferenças de preços entre gráficas. Se a diferença é muito grande, atenção! Pode haver algum erro no orçamento ou na especificação do pedido.

Dependendo da parceria entre você e sua gráfica podem haver exceções para quantidades menores, fora isso, se a tiragem é pequena a melhor opção é utilizar serviços de uma gráfica digital.

Aliás, baixa tiragem quase nunca vale a pena.

Exceto para testes de produtos, lembrancinhas, eventos pequenos ou brindes personalizados imprimir em baixa tiragem é um péssimo negócio.

Se você está começando um novo negócio e vende um produto, por exemplo, não acredite que só por que você está imprimindo de 20 em 20 rótulos, o risco do seu negócio vai diminuir… muito pelo contrário!

Essa falta de comprometimento pode matar uma boa ideia e enterrar uma empresa que mal nasceu. Prefira perder um pouco mais de tempo planejando o produto, estudando o mercado, faça os testes e daí sim, coloque seu produto na rua para valer!

A dica é: planeje a quantidade antes de imprimir.

Também, não imprima uma quantidade maior de material apenas com base no custo. Dependendo da frequência que você utiliza o impresso, o risco de perdê-lo por defasagem e grande. Agora, caso você necessite momentaneamente de 500, mas daqui a alguns meses vai precisar de mais 500, opte por uma maior quantidade. Com esse pequeno estoque sua economia vai ser MUITO grande.

 

Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *